Área restrita
Home
Site in English
A Associação
Associados ABRETI
Cursos, Palestras e Eventos
Sala de Imprensa
Notícias
Serviços
Contato
Este canal da ABRETI serve como um centro de informações coletivas. Novidades resultantes de ações políticas e econômicas que afetam a atividade dos transportes internacionais, cases do setor e informações gerais estão relacionados em ordem cronológica. Consulte este canal sempre que precisar.
ABRETI | Mercado

Scanner portuário chega antes a Itajaí
Veículo: Site: Portos e Navios - Seção: Notícias do Dia - 24/01/2006
< Voltar

Conteúdo: Primeiro aparelho do gênero no país vai agilizar o trabalho da Receita Federal.

Um equipamento que reduz de 72 horas para quinze minutos a fiscalização de contêineres foi inaugurado ontem na Área B do Terminal de Contêineres do Vale do Itajaí (Teconvi). O Scanner de raio-X fabricado na China custou US$ 3 milhões e é o primeiro implantado no Brasil.

O MT1213 será uma ferramenta no combate à evasão fiscal, contrabando e tráfico de drogas. De acordo com a Receita Federal, o equipamento vai contornar problemas comuns como a falta de espaço para a fiscalização no armazém da Receita e evitar a chamada inspeção intrusiva, na qual a abertura de cargas para exportação altera características originais dos produtos, especialmente embalagens. A aquisição foi uma parceria entre o Teconvi, o Porto e a prestadora de serviços americana Port Security International (PSI).

Dois funcionários da empresa de segurança portuária serão responsáveis pela operação do caminhão-scanner e o envio das imagens captadas para a delegacia da Receita Federal. Segundo o delegado Jackson Aluir Corbani, o número de cargas verificadas será mantido em 400 contêineres por mês.

- A vantagem é que todo o conteúdo da carga poderá ser visto, e sem que ela seja aberta, o que hoje demanda muito tempo - pontuou.

Governador e embaixador aprovam a novidade

Segundo a PSI do Brasil, o scanner é capaz de detectar desde drogas até materiais com dispositivos nucleares escondidos em cargas. Ele é utilizado nos Estados Unidos e na Europa. Em Itajaí, começará a ser utilizado assim que for liberado pela Receita Federal.

A inovação apresentada pelo prefeito Volnei Morastoni ao governador Luiz Henrique da Silveira atraiu autoridades da segurança pública para a reunião de ontem, que também contou com o discurso do embaixador da China no Brasil, Jiang Yuande. O representante fixou, em sua primeira visita ao Estado, que a imagem de Santa Catarina transmite a idéia de alto padrão de desenvolvimento econômico e social.

- Este equipamento fabricado na China é uma mostra de que nossos países são parceiros nos negócios e no desenvolvimento da produção científica - declarou.

Fonte: Jornal de Santa Catarina


ABRETI - Associação Brasileira das Empresas de Transporte Internacional - 2005 - Todos os direitos reservados