Área restrita
Home
Site in English
A Associação
Associados ABRETI
Cursos, Palestras e Eventos
Sala de Imprensa
Notícias
Serviços
Contato
Este canal da ABRETI serve como um centro de informações coletivas. Novidades resultantes de ações políticas e econômicas que afetam a atividade dos transportes internacionais, cases do setor e informações gerais estão relacionados em ordem cronológica. Consulte este canal sempre que precisar.
ABRETI | Mercado

Título: Porto de Itajaí vai ganhar novo berço de atracação
Fonte: NETMARINHA - 18/02/2008
< Voltar

A reforma envolve, além da construção do novo berço que terá 285 metros de comprimento, o reforço do Berço 1, a ampliação da área de armazenagem de contêineres e a realocação do prédio da Marinha, localizado nas proximidades do Teconvi.

Começaram nesta semana as obras de estaqueamento para a construção do quarto berço do Porto de Itajaí (RS). A reforma ampliará em 1 quilômetro e 25 metros o cais do porto que, com isso, estará adaptado para mais uma atracação diária, aumentando sua capacidade atual em 25%. Hoje o Terminal de Contêineres do Vale do Itajaí (Teconvi) opera no seu limite recebendo em média 70 navios por mês.

A reforma envolve, além da construção do novo berço que terá 285 metros de comprimento, o reforço do Berço 1, a ampliação da área de armazenagem de contêineres e a realocação do prédio da Marinha, localizado nas proximidades do Teconvi. A obra será concluída até junho de 2009.

INVESTIMENTO E EXPANSÃO - O trabalho de expansão e modernização do porto que começou em 2003 já recebeu R$ 70 milhões. Nesta nova fase do projeto devem ser aplicados cerca de R$ 100 milhões.

Segundo Alexandre Heitmann, gerente de atendimento ao cliente do Teconvi, essa expansão será importante para o crescimento do porto e o desenvolvimento do País.

"Sem dúvida, a possibilidade de receber mais navios representa um importante crescimento. Hoje, o Brasil só detém 1% da capacidade de atracação de navios no mundo. Esse é um índice muito pequeno. Qualquer expansão é positiva", afirma.

Com informações da assessoria de imprensa da Confederação Nacional dos Transportes.

ABRETI - Associação Brasileira das Empresas de Transporte Internacional - 2005 - Todos os direitos reservados