Área restrita
Home
Site in English
A Associação
Associados ABRETI
Cursos, Palestras e Eventos
Sala de Imprensa
Notícias
Serviços
Contato
Este canal da ABRETI serve como um centro de informações coletivas. Novidades resultantes de ações políticas e econômicas que afetam a atividade dos transportes internacionais, cases do setor e informações gerais estão relacionados em ordem cronológica. Consulte este canal sempre que precisar.
ABRETI | Mercado

Título: Inspetor de Guarulhos assume a Alfândega do Porto de Santos
Fonte: 11/09/2009 - Agência Estado pelo Jornal “A Tribuna”
< Voltar

A Alfândega do Porto de Santos conta com um novo inspetor-chefe, o auditor fiscal José Antônio Gaeta Mendes, que até ontem respondia pela Alfândega do Aeroporto Internacional de São Paulo (Cumbica), em Guarulhos.

A nomeação foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União. Mas ainda não há uma previsão oficial de quando ele assumirá o posto.

Gaeta Mendes tem larga experiência na Receita Federal. Aos 57 anos, com aproximadamente 30 anos no serviço aduaneiro, ele ocupará a vaga de José Guilherme Antunes de Vasconcelos, que há duas semanas foi nomeado superintendente da Receita em São Paulo.

Administrador de empresas por formação, o novo inspetorchefe estava à frente da Alfândega do Aeroporto Internacional de São Paulo desde 2007. Antes, ele tinha ocupado o cargo de inspetor-chefe da Receita em São Sebastião, no Litoral Norte do Estado.

No currículo de Gaeta Mendes também consta uma experiência de cerca de 25 anos nas unidades da Receita Federal em Taubaté, próximo a Cruzeiro, sua terra natal.

Ontem, o novo inspetor-chefe santista transmitiu o cargo no Aeroporto de Guarulhos ao também auditor fiscal Edison Jorge Takeshi Kaneko. Conforme A Tribuna apurou, ele deverá permanecer nos próximos dias na unidade aduaneira, para a transição das funções ao seu sucessor.

A expectativa do setor é que Gaeta Mendes chegue a Santos no decorrer da próxima semana. Entretanto, há a possibilidade dele assumir o posto no próximo dia 21, quando o inspetor-substituto do órgão, Dimas Monteiro de Barros, retorna de férias. Por enquanto, a autoridade aduaneira local está sob a responsabilidade do chefe da Divisão de Gestão e Infraestrutura Aduaneira, Cleiton Simões.

A Tribuna procurou a assessoria da Superintendência em São Paulo, mas não conseguiu localizá-la para confirmar a data da posse em Santos.

LINHA DURA

Gaeta Mendes é considerado linha dura dentro da Receita Federal. Este, inclusive, deve ter sido um dos motivos para a indicação ao cargo na alfândega santista, feita pelo atual superintendente em São Paulo.

Em 2007, o novo inspetor desarticulou um esquema de facilitação de importação irregular no Aeroporto de Cumbica, em parceria com a Polícia Federal. Um auditor fiscal, a ex-mulher dele e quatro funcionários de uma empresa foram presos por fraude.

Na ocasião, o auditor foi autuado por ceder as senhas de acesso ao programa de fiscalização aduaneira da Receita para que a empresa fizesse o desembaraço, função que é controlada pelo Estado. A ex-mulher dele era responsável pela interiorização das cargas.

A repressão a crimes cometidos pelos servidores era um dos principais alvos de Antunes de Vasconcelos nos quase cinco anos que permaneceu na Inspetoria da Alfândega.

ABRETI - Associação Brasileira das Empresas de Transporte Internacional - 2005 - Todos os direitos reservados